PANDEMIA E VIDA CRISTÃ

Publicado 06-06-2021

Em tempos de pandemia, nem sempre é fácil encontrar palavras agradáveis que elevem nosso semblante. As lamentações têm se tornado parte de nossa vida, e se renovam a cada divulgação de casos e de mortos pela Covid.

Há um tempo determinado para todas as coisas (Eclesiastes 3). Parece que o presente é de prantear e chorar, sem ao menos podermos abraçar aqueles que sofrem. Perdemos alguns amigos, vizinhos, parentes, irmãos... O que dizer a cada pessoa que viu partir seu ente querido? É dolorido, entretanto, Jó ensina que devemos aceitar as coisas boas que Deus nos proporciona e as ruins também (Jó 2:10). Ademais, o apóstolo Paulo nos assegura que partir e estar com Cristo é muito melhor (Filipenses 1:23). Choramos com os que choram (Romanos 12:15); todavia, temos tido, também, o privilégio de nos alegrar com o júbilo dos que têm sido curados física e espiritualmente. Vários de nossos irmãos integram a lista dos que venceram a Covid, e hoje dão testemunho do cuidado e do agir de Deus em suas vidas.

Durante esse período, a Igreja Batista em Braz Cubas tem dado ótimo exemplo em obediência às autoridades estabelecidas no que tange às adequações sanitárias, seguindo rigorosamente os seus protocolos. E também em obediência a Deus, disponibilizando cultos híbridos (presenciais e on-line), servindo a Deus através da pregação do evangelho, aperfeiçoamento dos irmãos e adoração a Deus.

Temos orado pelo fim da pandemia, mas enquanto ela persiste, somos solidários com todos os que sofrem e/ou perderam seus entes queridos. Agradecemos às equipes de saúde, que têm sido sobremodo importante nos dias atuais. Mantemos nossa esperança em Cristo Jesus, sempre firmes e constantes, dedicados à obra do Senhor (I Coríntios 15:58).

Acreditamos que o Senhor tem cuidado de nós e continuará nos guardando até aquele grande e precioso dia em que estaremos permanentemente com Ele na Glória Eterna.

Irmão Raimundo Alves Rodrigues

 

Voltar para as Postagens

Acompanhe nossas redes sociais